Error: Could not connect to API.SOAP-ERROR: Parsing WSDL: Couldn't load from 'http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/channels-wsdl/' : failed to load external entity "http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/channels-wsdl/" Fehler beim ConnectSOAP-ERROR: Parsing WSDL: Couldn't load from 'http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/epaper-wsdl/' : failed to load external entity "http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/epaper-wsdl/" Error: Could not connect to API.SOAP-ERROR: Parsing WSDL: Couldn't load from 'http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/channels-wsdl/' : failed to load external entity "http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/channels-wsdl/" Fehler beim ConnectSOAP-ERROR: Parsing WSDL: Couldn't load from 'http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/epaper-wsdl/' : failed to load external entity "http://epaper3.1000grad.com/html/api/v2/epaper-wsdl/" Teatro do bolhão em Bragança, com a peça “Auto da Barca do Inferno” | O Brincalhão

Teatro do bolhão em Bragança, com a peça “Auto da Barca do Inferno”

teatro

No teatro municipal de Bragança, os alunos do agrupamento de escolas de Alfândega da Fé do 9º ano e 11º, juntamente com os alunos do agrupamento de escolas de Mogadouro e do agrupamento de escolas Miguel Torga de Bragança, assistiram ao teatro do Auto da barca do inferno de Gil Vicente.

As personagens vicentinas foram caracterizadas densamente e humanamente no momento de reflexão sobre a sua passagem na terra. A dicotomia entre o paraíso e o inferno foi colocada somente num juízo da sua vida e dos seus comportamentos. Com texto emblemático da dramaturgia vicentina, é uma reflexão sobre o comportamento humano, sobre a passagem dos homens neste mundo. Foi representado num tom jocoso e ritmado, cheio de dúvidas e com vários sentidos mas descomplicado no seu entendimento e muito divertido. Este teatro teve como intérpretes João Cravo Cardoso, Mafalda Banquart, Mafalda Pinto Correia, Manuel Nabais e Tiago Jácome. No final do teatro, os intérpretes tiveram uma conversa com todos os alunos onde responderam às perguntadas colocadas, explicando como foi elaborada esta peça de teatro e quanto tempo foi necessário para os ensaios, referindo também que, dois dos intérpretes tiveram que tirar um curso em latim para o efeito.

Os alunos desde o princípio ao fim, riram e desfrutaram imenso deste teatro, ficando a perceber de uma forma engraçada a história da Auto da Barca do Inferno.

 

Mafalda Pinto – CPTA